domingo, 27 de setembro de 2020

NOTÍCIAS

Data: Terça-feira, 04 de agosto de 2020     Fonte: Tangará em Foco

Mulher é sequestrada pelo ex e espancada durante três dias em Tangará da Serra

Reprodução

Uma mulher de 39 anos foi espancada brutalmente pelo ex-marido, nome não revelado, durante três dias em Tangará da Serra. Ela conseguiu escapar na madrugada desta segunda-feira, 03.

A mulher foi levada para a casa da ex-sogra, no bairro Jardim do Lago, em Tangará da Serra, onde foi atingida por socos, chutes e levou surras com um cabo de energia.

O Corpo de Bombeiros encontrou Maria completamente desorientada no meio da rua, com lesões graves, rosto deformado a ponto de a vítima não conseguir abrir os olhos, diversos hematomas e com várias partes do corpo inchadas. A mulher recebeu os primeiros socorros e foi encaminhada à Unidade de Pronto Atendimento (UPA).

De acordo com a ocorrência, o acusado encontrou com ela, apesar de estarem separados, conseguiu ‘convencer’ a ex a ir na casa da mãe dele.

Chegando lá, iniciaram as agressões que só pararam com a fuga da vítima nesta madrugada. Na rua, ela conseguiu ajuda de populares que acionaram o resgate do Corpo de Bombeiros.

A vítima conseguiu contar resumidamente o que tinha acontecido à equipe de resgate, ressaltado que é espancada frequentemente pelo ex.

A Polícia Militar (PM) foi acionada, comunicada dos fatos pelos bombeiros, mas o agressor não foi localizado.

A mulher ficou internada e faria novos exames, porque há desconfiança de fratura em uma costela.

Na tarde desta segunda-feira, 03, os pais do elemento foram detidos pela polícia, uma vez que eles são suspeitos de serem coautores do crime, já que sabiam do sequestro e das agressões, mas não informaram o setor policial, assim como não ofereceram socorro para a vítima.

A Polícia Civil está investigando o caso.