domingo, 27 de setembro de 2020

NOTÍCIAS

Data: Segunda-feira, 03 de agosto de 2020     Fonte: Romilson Dourado/RDNews

Juína perde R$ 805 mil do MS por não habilitar unidades

Administrada hoje pelo petista Altir Peruzzo, Juína, no noroeste mato-grossense, na divisa com Rondônia, deixará de receber neste ano R$ 805,3 mil do Ministério da Saúde por não cumprir os requisitos de habilitação das unidades de Suporte Avançado (USA) e de Suporte Básico (USB) do Samu.
 
A portaria que comunica a suspensão dos recursos foi assinada pelo ministro interino, general Eduardo Pazuello, na última quarta (30 de julho). Seriam R$ 600,6 mil para USA e R$ 204,7 mil à USB.
 
O município foi habilitado para receber as verbas ainda em 2010. Sete anos depois, o MS consolidou normas sobre as redes do SUS e Juína não atendeu aos requisitos exigidos, segundo relatório do Departamento Nacional de Auditoria do SUS. E isso levou o ministro a suspender os recursos - confira https://www.in.gov.br/en/web/dou/-/portaria-n-1.902-de-30-de-julho-de-2020-269668847.