Portal JNMT
Portal JNMT
NOTICIAS

#Ságuas diz que Lula solto é reparo da Justiça e fortalece pré-candidatura

Data: Segunda-feira, 09/07/2018 08:24
Fonte:
Foto: Reprodução

O deputado federal Ságuas Moraes (PT) afirma que a soltura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), determinada neste domingo (8) pelo TRF da 4ª Região de Porto Alegre, é uma vitória da sociedade. “É uma justiça que está sendo reparada pela própria Justiça. E ele sai vitorioso e prova que estava correto”, comemora Ságuas que tinha acabado de tomar conhecimento da decisão.Deputado Ságuas comemora soltura do ex-presidente Lula. Diz que decisão é importante não só para Lula e o PT, mas também para todos os cidadãos 

Lula está preso, em Curitiba, desde 7 de abril, quando foi condenado no processo do Triplex, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. O despacho do juiz federal Rogério Favreto determina a suspensão da execução provisória da pena e a liberdade de Lula.

Para Ságuas, essa decisão é um momento importante não só para Lula e o PT, mas também para todos os cidadãos. Segundo o parlamentar, se aconteceu o que classifica de injustiça com ex-presidente, poderá ocorrer com qualquer brasileiro. “Um ex-presidente da República, com a importância dele foi condenado sem uma única prova, imagina o que poderá acontecer com o cidadão comum”.

Ságuas lembra ainda que na semana passada Lula emitiu uma nota, desafiando o judiciário a apresentar uma única prova contra ele. “São palavras de delatores, sem prova, e que serviram de base para Justiça condená-lo”, sustenta.

Em relação à busca pelo Palácio do Planalto, Ságuas afirma que a pré-candidatura está posta Lula estando preso ou solto. Neste novo cenário, pontua que o ex-presidente terá mais facilidade para fazer as articulações necessárias. “O partido deve sentar para discutir esse novo cenário. Obviamente que ele solto facilitará a candidatura”, explica.

Momentos depois da declaração de Ságuas, o juiz Sergio Moro, da 13ª Vara da Justiça Federal em Curitiba, afirmou que o desembargador federal plantonista do TRF-4 não pode mandar soltar o ex-presidente. Até o material ser publicado as discussões sobre competências dos magistrados não haviam sido esclarecida.

Tarso Nunes

PUBLICIDADE