Portal JNMT
Portal JNMT
NOTICIAS

#Mato Grosso registra 475 mortes de janeiro à junho de 2018

Data: Sexta-feira, 06/07/2018 19:27
Fonte:
Foto: Reprodução

O registro de homicídio doloso em Mato Grosso apresentou redução de 3% no primeiro semestre de 2018, em comparação com o mesmo período de 2017. Foram registrados 488 casos no ano passado e 475 neste ano, entre os meses de janeiro e junho. Os dados, compilados pela Coordenadoria de Estatística e Análise Criminal (CEAC) da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp-MT), são passíveis de alteração, já que o fechamento ocorre no dia 20 de cada mês.

Neste ano, ocorreram 70 homicídios em janeiro, 78 em fevereiro, 82 em março, 79 em abril, 80 no mês de maio e 86 em junho, em todo o estado. Já na região metropolitana, foram 67 casos no primeiro semestre em Cuiabá, 7% a menos que em 2017, quando foram registradas 72 ocorrências. Em Várzea Grande, houve aumento de 30% neste tipo de crime, passando de 30 para 39 casos.

Os municípios que se destacaram positivamente na redução deste tipo de crime foram Alto Garças (-86%), Comodoro (-75%), Cáceres (-62%), São José do Rio Claro (-63%), Confresa (-50%), Primavera do Leste (-36%), Colniza (-38%), Peixoto de Azevedo (-38%), Sorriso (-31%), Rondonópolis (-31%) e Sinop (-33%).

Vítimas femininas

A CEAC também compilou os dados do primeiro semestre de 2018 referentes aos homicídios envolvendo vítimas femininas em Mato Grosso. Neste caso, houve aumento de 37% (44 casos) em relação ao mesmo período do ano passado (32 casos). Do total deste ano, 55% dos registros tiveram motivação passional, 25% a apurar, 9% por envolvimento com droga, 7% por outras motivações, 2% por vingança e 2% por rixa.

Na distribuição dos meses, em todo o estado, foram registrados sete casos em janeiro, 11 em fevereiro, sete em março, cinco em abril, oito em maio e seis em junho. Os municípios Cuiabá e Várzea Grande apresentaram um caso a mais de homicídio envolvendo mulher, passaram de quatro para cinco e dois para três, respectivamente.

 

Nara Assis, redação Ses-MT

PUBLICIDADE